Consultas SCPC Online

Clique aqui para consultar

Digite código e senha para fazer sua consulta

Notícias


Comércio terá intenso movimento nesta quarta e quinta


 

Nesta sexta-feira (12), será celebrado o Dia das Crianças, mesma data do feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida. As vendas dos brinquedos já foram iniciadas em maior volume na última sexta-feira (5), com o pagamento do salário por grande parte das empresas aos trabalhadores, no quinto dia útil do mês. O fim de semana já registrou alta movimentação, mas nestes dois próximos dias, a venda deverá ser ainda maior. A informação é do presidente do Sindicado do Comércio Varejista de Ponta Grossa, José Loureiro. 

Ele observa que no fim de semana, especialmente no sábado pela manhã, houve um fluxo acima do normal nas lojas e nas ruas. Porém, como tradicionalmente ocorre, boa parte das pessoas deve deixar comprar na última hora, mesmo com o feriado sendo em uma sexta-feira e a véspera e antevéspera no meio da semana. “A previsão é que as maiores vendas ocorram nesta quarta-feira e quinta-feira”, informa. O maior fluxo de clientes deve ser registrado no final da tarde nas lojas de rua e a noite nos shoppings. 

A perspectiva é de que as vendas sigam a tendência estadual, revelada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), e registrem um crescimento entre 3 e 5% na comparação com as vendas no ano passado. Conforme a pesquisa em nível estadual, o valor médio de gastos para o Dia das Crianças deve ficar em torno de R$87,00 por presenteado, e será maior do que o tíquete médio dos dois últimos anos, em que o presente tinha em média R$75,00 e R$79,53, respectivamente. Segundo o levantamento, 63,1% dos paranaenses pretendem presentear na data.

Os brinquedos serão a principal opção de presentes, com a preferência de 66,1% dos consumidores, incluindo bonecas ou bonecos de personagens (21,2%), jogos educativos (33,9%) e outros tipos de divertimentos (11%). Mas as lojas de brinquedos não serão as únicas a concentrar vendas para o dia 12 de outubro. Lojas de departamentos, artigos de vestuário e calçados, livrarias, lojas de eletrônicos e cosméticos também deverão registrar aumento nas vendas.

Roupas serão a segunda opção

Sapatos e roupas somam 40,4% das intenções de compras. Aparelhos eletrônicos, como tablets, celulares e videogames, por exemplo, correspondem a 13,8% das intenções de presente. Os livros foram citados por 9% dos consumidores. Outros 3,5% devem optar por presentear a criança com dinheiro, para que a mesma possa comprar o que preferir. Apesar de ser febre entre o público infantil, os cosméticos serão a escolha de apenas 0,5%.

Fonte: ARede